quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Missão do Milênio: Muçulmano matou sua esposa porque ela estava lendo...

Missão do Milênio: Muçulmano matou sua esposa porque ela estava lendo...: Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia e então a enterrou com seu bebê nascido há poucos dias e uma filha d...

Um comentário:

  1. Esse texto, que começou a circular em 2004 e voltou a passear pela net em outubro de 2008, possui alguns traços que denunciam o tipo clássico de um hoax, ou boato eletrônico:

    - Trata de um assunto polêmico: No caso, religião!
    - É incoerente e, em muitos parágrafos, contraditório!
    - Não cita as fontes;
    - Não dá nome aos bois, ou seja, não dá nenhuma informação precisa sobre o fato!

    Qual o nome do egípcio muçulmano?

    Na mensagem o nome do assassino não foi revelado. Até aí, tudo bem! Talvez estejam querendo poupa-lo! Mas, poupa-lo de quê? Já que mais adiante, no texto, afirma-se que ele (o egípcio) será executado!

    Em um dos parágrafos, o texto afirma que, quinze dias mais tarde, outra pessoa da família morreu! Não se explica se foi mais um assassinato, ou se foi morte natural, mas o fato é que alguém "teve que morrer" para que tivessem uma "desculpa" para reabrir o túmulo (ou, no caso, cavar na areia!).

    A criança que sobreviveu, segundo o texto, foi entrevistada dias depois por uma Tv pública (o nome da Tv também não é revelado, mas não deve ter muitas lá!). Também fala que os muçulmanos acreditam que Isa (Jesus) foi crucificado! A Wikipedia desmente essa informação: segundo a enciclopédia digital, os muçulmanos acreditam em Isa mas esse não foi crucificado, ele subiu direto aos céus, deixando Judas para ser crucificado em seu lugar!

    O filme "A Paixão de Cristo" não deve passar em nehum cinema por lá, da mesma forma que uma bíblia cristã deve ser um artigo raro naquela país!

    Nos ultimos parágrafos, temos:
    "Como o Egito está bem no centro da mídia e da educação do Oriente Médio, você pode ter a certeza de que essa história vai se espalhar rapidamente."

    Sim! essa história irá se espalhar rapidamente! Mas não encontramos em nenhum jornal essa notícia. Ou seja, vai se espalhar pela internet! Em uma busca pelo Google, encontramos 1.400 resultados sobre o assunto, mas todos os links levavam a páginas e blogs que apenas reproduziram esse texto.

    ResponderExcluir